6o Colóquio Internacional
“Discurso, representações, argumentação”

Tema
« Diferentes olhares sobre as mesmas questões: discurso e interdisciplinaridade »

Rio de Janeiro, Brasil, 16-18 de agosto de 2017

É para examinar o tema “Diferentes perspectivas, as mesmas questões: discurso e interdisciplinaridade”, que terá lugar, de 16 a 18 de agosto de 2017 no Rio de Janeiro, Brasil, o Sexto Simpósio Internacional “Discurso, representações, argumentação”, organizado por Communalis – Sociedade Internacional de Comunicação e Lógica Natural.

Desde seu advento, as humanidades têm contribuído significativamente para o avanço do conhecimento sobre o comportamento humano e social, colocando, no cerne das discussões, a questão da linguagem. Os debates contemporâneos sobre o status científico dos discursos, tomados em suas múltiplas dimensões – lógica, argumentação, retórica – atravessam conhecimentos e saberes. Ainda que todos examinem uma problemática comum ancorada na referencialidade, a maioria das abordagens adota posições diferentes sobre o status empírico da linguagem e objetos de discurso no que tange ao sujeito do conhecimento. Algumas perspectivas, sobretudo as cognitivas, destacam as estruturas lógico-argumentativas dos discursos fundamento de análise de parâmetros fundamentais. Outras têm orientações, que poderíamos chamar genericamente de construtivistas, associadas à questão dos sentidos que emergem da subjetividade e das trocas comunicacionais intersubjetivas, que vão na direção de uma integração dos polos do sujeito e do objeto. Finalmente, há aquelas que refutam a ideia segundo a qual tais compromissos possam ser possíveis, fazendo com que as análises aflorem diretamente dos sentidos do vivido, minimizando sua raiz cognitiva. Ainda que muitos qualifiquem de espinhosos tais debates epistemológicos, não se pode negar a influência que têm exercido – e continuam a exercer – sobre o surgimento de vários modelos de análise discursivas desenvolvidos, adotados e usados até os dias de hoje.

Assim, a obtenção de consenso, através da comunicação, sobre o status dos objetos discursivos em matéria de linguagem e sua relação com o pensamento, parece improvável. Os surpreendentes cruzamentos de métodos plurais de análise, em inúmeras disciplinas não-matemáticas que surgiram desde o século XIX (sociologia, psicologia, comunicação, ciências da educação, da linguagem etc.), só tornam mais complexa a resolução da questão do discurso. No entanto, deve-se admitir que as múltiplas abordagens existentes – relacionadas à distintas interpretações a respeito da inter, multi ou transdisciplinaridade – convergem para uma problemática dos sentidos que se distancia progressivamente de sua pertença à noção de “texto” provinda da dupla verbalidade-oralidade, estabelecendo pontes para uma possível multimidiatização discursiva. É esse debate, ainda mais difícil, que Communalis pretende promover durante o colóquio de 2017.

Local da conferência – Universidade Federal do Rio de Janeiro

Organizadores
– Universidade Estácio de Sá – Programa de Pós-graduação em Educação (Brasil)
– Université de Montréal – Département de communication (Canadá)
– Universidade Federal do Rio de Janeiro – Escola de Comunicação e Programa de Pós-graduação em Psicossociologia (Brésil)

Patrocinador
Communalis – Communication and Natural Logic International Society.

Coordenadores
Monica Rabello de Castro (Brasil) – presidente
Milton N. Campos (Brasil, Canadá) – copresidente

Línguas de comunicação
Inglês, Francês e Português – Communalis recomenda que todas as conferências proferidas em francês ou português sejam acompanhadas de apresentações Power Point em inglês dado seu caráter de língua franca. Um serviço de tradução simultânea será disponível em francês. Tradutores voluntários estarão presentes para dar suporte aos palestrantes em suas comunicações com o público.

Comitê científico
Alexandru Gradinaru (Romênia)
Amaury Fernandes Jr. (Brasil)
Élias Rizkallah (Canadá)
Emilio Gattico (Itália)
Catherine Garnier (Canadá / França)
Constantin Salavastru (Romênia)
Cristina Grabovschi (Canadá)
Dan Stoica (Roumanie Romênia
Denis Miéville (Suíça)
Ligia Costa Leite (Brésil)
Marc Glady (França)
Milton N. Campos (Brasil / Canadá)
Monica Rabello de Castro (Brasil)
Tania Maciel (Brasil)
Tarso Mazzotti (Brasil)
Violaine Lemay (Canadá)
Zelia Ramozzi-Chiarottino (Brasil)